O FILME NAS PRÁTICAS ARTÍSTICAS CONCEPTUAIS ENTRE A DESMATERIALIZAÇÃO DO OBJETO DE ARTE E A ESPECIFICIDADE DO MEDIUM

  • Andreia Magalhães Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto/ Instituto de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa
Palavras-chave: Conceptualismo, Filmes de artistas, Arte, Medium, Desmaterialização

Resumo

O filme, um medium importado do cinema, fez parte das práticas artísticas mais experimentais dos movimentos
das vanguardas das décadas de 1960 e 1970. A partir da análise de uma seleção de obras internacionais
e portuguesas este artigo centra-se na utilização do filme no enquadramento do Conceptualismo propondo
discutir como o medium – com a sua especificidade material, tecnológica e disciplinar – ocupou um lugar
fundamental na desmaterialização e contingência do objeto artístico, abrindo para a redefinição e expansão
do domínio das artes visuais.

Publicado
2016-12-30
Como Citar
Magalhães, Andreia. 2016. O FILME NAS PRÁTICAS ARTÍSTICAS CONCEPTUAIS ENTRE A DESMATERIALIZAÇÃO DO OBJETO DE ARTE E A ESPECIFICIDADE DO MEDIUM. ARTis ON, n. 4 (Dezembro), 60-71. https://doi.org/https://doi.org/10.37935/aion.v0i4.104.
Secção
ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

Obs.: Este plugin requer pelo menos um plugin de estatísticas/relatório para ser activado. Se os seus pluginsde estatísticas fornecem mais de uma métrica, seleccione também uma métrica principal na área de configurações do administrador e/ou na área de configurações da Direcção da Revista.