A IMITAÇÃO DA ESTEREOTOMIA DA PEDRA COM JUNTAS SALIENTES NA ARQUITETURA RELIGIOSA DO ALGARVE

  • Marco Sousa Santos Mestre em História da Arte Centro de Estudos de Arqueologia, Artes e Ciências do Património (CEAACP) Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Arquitetura religiosa, Revestimento parietal, Algarve, Séculos XV e XVI

Resumo

A imitação da estereotomia da pedra com juntas salientes, técnica decorativa que consistia na aplicação de um revestimento parietal que simulava cantaria aparelhada de modo a disfarçar a natureza de um aparelho construtivo constituído por materiais mais pobres, também foi utilizada na região do Algarve. No total, foi possível identificar vestígios da aplicação dessa invulgar técnica em pelo menos cinco edifícios religiosos do território algarvio construídos ou alvo de importantes campanhas de obras entre os séculos XV e XVI. 

Publicado
2015-12-12
Como Citar
Santos, Marco. 2015. A IMITAÇÃO DA ESTEREOTOMIA DA PEDRA COM JUNTAS SALIENTES NA ARQUITETURA RELIGIOSA DO ALGARVE. ARTis ON, n. 1 (Dezembro), 195-202. http://artison.letras.ulisboa.pt/index.php/ao/article/view/25.
Secção
VARIA