O RETRATO DO INFANTE D. FERNANDO NAS JANELAS VERDES (M.N.A.A.)

  • Maria Emília Vaz Pacheco ARTIS – Instituto de História da Arte, Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Retrato, Iconografia, Fonte Histórica e Artística

Resumo

«[...] uos certifico que nom perdemos a boa esperança de aiuda e acorrimento de Nosso Senhor Deus e da Virgem
Maria, sua madre, Nossa Senhora e (...) em uos, ssenhor irmão, que sei que me tendes tamanho amor, que maior
ser nom pode, e espero que, por me liurardes, fazeis e fareis como por uos mesmo». – Excerto da Carta do Infante
Santo ao Regente D. Pedro, datada da Masmorra de Fez a 12 de Junho de 1441.
Palavras comoventes, rondando o desespero de quem, a dois anos da sua morte, não vislumbrava o modo
como haveria de ser libertado, porventura porque consciente do real significado do seu cativeiro.

Publicado
2016-10-02
Como Citar
Pacheco, Maria Emília. 2016. «O RETRATO DO INFANTE D. FERNANDO NAS JANELAS VERDES (M.N.A.A.»). ARTis ON, n. 3 (Outubro), 81-87. http://artison.letras.ulisboa.pt/index.php/ao/article/view/62.
Secção
CAP. I - A EXTINÇÃO DAS ORDENS RELIGIOSAS E A DESAMORTIZAÇÃO DOS SEUS BENS