OS BENS DO EXTINTO CONVENTO DE S. JOÃO DE DEUS EM LISBOA

  • Carmina Montezuma de Carvalho Museu S. João de Deus, Sintra
  • Estela Rodrigues Museu S. João de Deus, Sintra
Palavras-chave: Ordem Hospitaleira de S. João de Deus

Resumo

O Convento de S. João de Deus, em Lisboa, foi fundado, em 1629, pela Ordem Hospitaleira de S. João de
Deus; ao longo de 200 anos, garantiu a assistência na saúde a religiosos, militares e civis. Com a extinção do
Convento, em 1834, grande parte dos seus bens foram incorporados na Fazenda Nacional. Desconhece-se o seu
atual paradeiro, à exceção de alguns núcleos que serão analisados neste artigo. A preservação e divulgação
da memória histórica sobre a assistência médico-hospitalar dos Irmãos Hospitaleiros está consignada no
Museu S. João de Deus – Psiquiatria e História, inaugurado em 2009; a investigação arquivística referente
aos inventários dos bens móveis que as autoras têm vindo a efetuar é, por este motivo, fundamental para
complemento da divulgação junto do público.

Publicado
2016-10-02
Como Citar
Carvalho, Carmina, e Estela Rodrigues. 2016. «OS BENS DO EXTINTO CONVENTO DE S. JOÃO DE DEUS EM LISBO»A. ARTis ON, n. 3 (Outubro), 95-103. http://artison.letras.ulisboa.pt/index.php/ao/article/view/64.
Secção
CAP. I - A EXTINÇÃO DAS ORDENS RELIGIOSAS E A DESAMORTIZAÇÃO DOS SEUS BENS