OS DEPÓSITOS DE ESCULTURA DO MINISTÉRIO DE OBRAS PÚBLICAS

  • Ricardo Mendonça Faculdade de Belas-Artes – Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Escultura Pública, Coleccionismo, Academia de Belas-Artes de Lisboa, Laboratório de Escultura, Câmara Municipal de Lisboa

Resumo

No decurso da actividade decorativa do Ministério de Obras Públicas, na segunda metade do século XVIII,
diversas esculturas terão sido movidas dos locais de onde originariamente se achavam colocadas. Outras,
porém, nunca chegaram a encontrar um destino final, tendo sido incorporadas em depósitos à espera de que
para elas se encontrasse uma localização permanente. Estas obras que, ao longo do século XIX, se foram
espalhando por jardins, parques e outros espaços públicos teriam bastado para criar uma colecção de escultura
estatuária.

Publicado
2016-10-02
Como Citar
Mendonça, Ricardo. 2016. OS DEPÓSITOS DE ESCULTURA DO MINISTÉRIO DE OBRAS PÚBLICAS. ARTis ON, n. 3 (Outubro), 186-91. http://artison.letras.ulisboa.pt/index.php/ao/article/view/73.
Secção
CAP. II - PRIMÓRDIOS DA MUSEOLOGIA EM PORTUGAL