O COLECCIONISMO DE ESCULTURA NA ACADEMIA DE BELAS-ARTES DE LISBOA

  • Ricardo Mendonça Faculdade de Belas-Artes – Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Escultura, Imaginária, Terracota, Património, Colecção Nacional

Resumo

A extinção das ordens religiosas veio sacudir o mercado de arte, permitindo a constituição de fundos de
objectos artísticos que impulsionaram a formação de museus nacionais, permitindo igualmente a fuga de obras
de arte para as mãos de coleccionadores particulares nacionais e estrangeiros. Esta comunicação procura
traçar a evolução do coleccionismo de escultura na Academia de Belas-Artes de Lisboa, antes da criação de
um Museu em 1884.

Publicado
2016-10-02
Como Citar
Mendonça, Ricardo. 2016. O COLECCIONISMO DE ESCULTURA NA ACADEMIA DE BELAS-ARTES DE LISBOA. ARTis ON, n. 3 (Outubro), 201-8. http://artison.letras.ulisboa.pt/index.php/ao/article/view/75.
Secção
CAP. II - PRIMÓRDIOS DA MUSEOLOGIA EM PORTUGAL