RESGATAR A MEMÓRIA A BIBLIOTECA NACIONAL NA GESTÃO E SALVAGUARDA DO PATRIMÓNIO ARTÍSTICO DOS CONVENTOS

  • Clara Moura Soares ARTIS – Instituto de História da Arte, Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa
  • Rute Massano Rodrigues ARTIS – Instituto de História da Arte, Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Extinção, Ordens Religiosas, Conventos, Património Artístico, Museus

Resumo

A exposição, de iniciativa conjunta do ARTIS-Instituto
de História da Arte da Faculdade de Letras da Univer-
sidade de Lisboa (ARTIS-IHA/FLUL) e do Departamento
de Conservação e Restauro da Escola Superior de
Tecnologia do Instituto Politécnico de Tomar (ESTT/IPT),
com o apoio da Biblioteca Nacional de Portugal (BNP),
decorreu do projeto de investigação financiado pela
Fundação para a Ciência e Tecnologia, intitulado
Eneias – A coleção de pintura da Biblioteca Nacional
de Portugal: do resgate do património artístico
conventual na implantação do Liberalismo ao estudo
integrado de conservação e divulgação.
Através de um percurso expositivo constituído por
sete núcleos e por cerca de uma centena de objetos
(pinturas, fotos, livros, documentos arquivísticos), foi
nosso objetivo mostrar o papel desempenhado pela
Biblioteca Nacional, em articulação com o Depósito
das Livrarias dos Extintos Conventos e com a Academia
Nacional de Belas-Artes, na gestão do património
artístico dos conventos, particularmente da pintura,
depois da extinção das ordens religiosas.

Publicado
2016-10-02
Como Citar
Soares, Clara, e Rute Rodrigues. 2016. RESGATAR A MEMÓRIA A BIBLIOTECA NACIONAL NA GESTÃO E SALVAGUARDA DO PATRIMÓNIO ARTÍSTICO DOS CONVENTOS. ARTis ON, n. 3 (Outubro), 297-315. http://artison.letras.ulisboa.pt/index.php/ao/article/view/87.
Secção
RESGATAR A MEMÓRIA: A B.N. NA GESTÃO E SALVAGUARDA DO PATRIMÓNIO ARTÍSTICO DOS CONVENTOS - ROTEIRO DA EXPOSIÇÃO